A tecnologia abriu caminho para todos os tipos de negócios. E milhares de pessoas estão aproveitando as oportunidades e tornando-se donas do seu próprio empreendimento. O ecommerce no Brasil representa uma das formas que mais vem ganhando destaque nos últimos anos.

E nesse post, você vai descobrir como esse novo modelo de negócio surgiu, bem como o que você precisa saber para abrir uma loja virtual no Brasil hoje em dia.

Confira!

Como surgiu o Ecommerce no Brasil?

O conceito e a criação do Ecommerce no Brasil e no mundo, surgiu a 25 anos atrás, com a primeira loja virtual aberta em meados dos anos 90, ganhando espaço até hoje.

Em 1994, Jeff Bezos foi o americano que criou a primeira loja online na garagem de sua casa, vendendo livros na internet. Hoje, ela se tornou uma autoridade no ramo, conhecida mundialmente como Amazon.

O Ecommerce no Brasil, nasceu após um empresário brasileiro chamado Jack London viajar para os Estados Unidos, mais especificamente para Seattle, na sede da Amazon.

Depois de conhecer mais sobre a Amazon, Jack voltou para o país motivado a abrir a Booknet, a primeira loja virtual brasileira, que foi criada em 1996. 

O que é preciso para abrir um Ecommerce no Brasil?

As vendas oriundas de lojas virtuais somam quase um trilhão de dólares anualmente, isso a nível mundial.

E antigamente, não existiam as facilidades e vantagens que temos hoje para montar um negócio, tampouco para um Ecommerce, como plataformas de comércio eletrônico, gateways de pagamento, o Google, e as redes sociais.

Se você está pensando em montar uma loja virtual, saiba que uma das primeiras coisas que precisa ter em mente é que existem três categorias de Ecommerce no Brasil:

  • Business to Consumer (B2C): Nessa categoria encaixam-se fabricantes, revendedores e varejistas que vendem os seus produtos para o público final.
  • Business to Business (B2B): são ecommerces criados por fabricantes e distribuidores de mercadorias. O público-alvo deles é a venda para outras empresas.
  • Consumer to consumer (C2C): neste modelo, encaixam-se todos os sites chamados de marketplaces, onde encontram-se vendedores, revendedores, fabricantes e varejistas, como: Elo7, Enjoei, OLX, Mercado Livre e o Bom Negócio.

Após identificar em qual categoria o seu empreendimento se encaixa, é hora de conhecer mais sobre tudo o que é preciso para montar um ecommerce. Confira:

Planejamento e foco

Os produtos ou serviços oferecidos pela empresa, precisam ser direcionados ao público-alvo específico. Para isso é preciso ter foco e também fazer um planejamento detalhado, que contenha uma análise não apenas do seu público, mas do mercado como um todo.

Crie afinidade com a tecnologia por trás do seu negócio

Você não precisa ser um expert em programação para montar uma loja virtual de sucesso.

No entanto, quanto mais conhecimento você obtiver acerca das tecnologias necessárias para montar um ecommerce no Brasil, melhor e mais assertivas serão suas escolhas. Desde a plataforma ideal, até os meios de pagamento que podem ser integrados à sua loja virtual.

Conhecer os fornecedores e a concorrência

Cada área de atuação possui o seu próprio grupo de fornecedores, seja no ramo de cosméticos, aparelhos eletrônicos, alimentos ou vestuário, o empreendedor precisa saber onde comprar o seu produto, e quem é a sua concorrência.

Conclusão

Novos modelos de negócios estão sendo inseridos no mercado a todo tempo, a fim de facilitar a comercialização de produtos e serviços, usufruindo dos recursos que a tecnologia oferece.

E milhares de novos empreendedores já tiraram as suas ideias do papel, colocando em atividade o seu ecommerce brasileiro. E você vai ficar de fora dessa?