O marketing de performance é a melhor alternativa para quem deseja criar investir de maneira assertiva em divulgação. Por ter a capacidade de medir absolutamente tudo, fica mais fácil entender que tipo de anúncio gera os melhores resultados.

Basicamente, nele você irá determinar ações dentro da campanha. Seja obter informações de um lead ou realizar uma venda. E você só pagará depois que elas forem executadas.

Quais os benefícios de investir no marketing de performance?

O marketing de performance tem sido cada vez mais utilizado pelas empresas de diferentes segmentos. Isso porque ele traz uma série de benefícios, tais como:

  • Possibilidade de monitorar de forma detalhada o desempenho das campanhas;
  • Foco no retorno sobre investimento (ROI);
  • Risco baixo, uma vez que você paga apenas pela ação executada;
  • 100% mensurável

Como começar a usá-lo?

Quer começar a investir em marketing de performance? Então confira abaixo algumas dicas.

1.    Estabeleça metas.

A primeira coisa que você precisa fazer é estabelecer metas. Que tipo de resultado você deseja alcançar ao investir nessas plataformas de anúncios?

Esse tipo de informação é essencial, tendo em vista que as próprias plataformas exigem que você forneça uma meta que deseja alcançar. Entre os objetivos mais comuns estão:

  • Redirecionamento para site;
  • Captura de lead;
  • Engajamento;

Criando metas será mais fácil trabalhar com o marketing de performance.

2.    Desenvolva um Plano de pré-lançamento

Outra dica para começar no marketing de performance é criar um plano de pré-lançamento. Nele você precisará pesquisar oportunidades de anúncios.

Basicamente, você irá identificar quais os formatos com mais potencial para gerar os resultados almejados. Marketing de afiliados e Facebook ADS são algumas das alternativas.

E uma questão importante para quem vai trabalhar com marketing de performance é qualificar a equipe. Se você tiver colaboradores despreparados, que não possuem conhecimento sobre o assunto, só irá perder dinheiro.

Por isso, aperfeiçoe todos para realmente ter resultados satisfatórios.

3.    Tenha um cronograma de acompanhamento

Muitas pessoas acham que no marketing de performance, a mensuração só é feita ao final da campanha. Contudo, é importante ter um cronograma de acompanhamento.

Por meio dele, será mais fácil entender o desempenho do anúncio. E com isso, aperfeiçoar a criação das próximas ações.

4.    Otimização a partir dos dados

A campanha passou a gerar dados, e agora? Esse é o momento que você precisa otimizar cada anúncio de forma individual para obter uma performance mais satisfatória. E isso só será possível justamente com a utilização das informações fornecidas pelas métricas.

É por meio delas que você poderá, por exemplo, identificar quais são as principais fontes de tráfego ou até mesmo os formatos de ações que deram mais retorno. E lembre-se, essa otimização precisa ocorrer de forma contínua, conforme as campanhas criadas geram dados.

Agora que você já sabe como usar o marketing de performance, não deixe de colocar as dicas acima em prática. Você verá como esse tipo de estratégia fará toda a diferença nos resultados do seu negócio.